Fisioterapia

Cada dia mais estamos cercados de recursos que nos possibilitam vivermos com mais qualidade de vida, aumentando nossa expectativa de vida. São muitos os fatores, procedimentos, profissionais específicos, que nos auxiliam em todos os sentidos, para que possam conduzir nossas vidas com muita saúde. A área da saúde é muito vasta, e diversos profissionais e serviços estão disponíveis a todos em clínicas, centros e hospitais, e utilizamos de acordo com nossas necessidades.

Como o corpo humano é frágil, pode surgir imprevistos de diversas naturezas, desde uma simples gripe, até uma doença mais avançada, ou até mesmo uma lesão ou fraturada em determinada região do corpo. Para cada caso, existe uma forma de diagnóstico e tratamento, e quando se trata de lesões ou algum distúrbio  cinesiológico-funcional em nosso corpo, temos uma área da saúde específica para isto, é a fisioterapia, uma ciência dentro da área da saúde que busca estudar, tratar, prevenir e reabilitar distúrbios cinesiológico-funcionais do ser humano em sua globalidade. Tais distúrbios podem ser constatados decorrentes de disfunções dos sistemas músculo-esquelético, cardiorrespiratório, gastroenterológico, endócrino, vascular e neurológico. Dentre os sistemas, as disfunções podem se classificar como congênitas (genéticas) ou adquiridas, através de traumas ou como mecanismos adaptativos que o corpo busca para manter a funcionalidade. Sendo uma área com grande abrangência para atuação, ela possui grande importância desde a atenção básica, média ou mesmo de alta complexidade diante das disfunções apresentadas.

Uma das principais características da fisioterapia se volta para a reabilitação, sendo esse um processo que busca a reinserção do indivíduo nos aspectos biopsicossocial. Através dessa busca, o fisioterapeuta reintegrará novamente a funcionalidade, adaptada ou não, para que o mesmo possa adquirir novamente sua independência perante à sua rotina diante da sociedade. Dentre as técnicas utilizadas para tal recuperação, utilizam-se os mais diversos recursos, como por exemplo: cinesioterapia, eletroterapia, termoterapia, fototerapia, crioterapia, técnicas manuais, acupuntura, equoterapia, hidroterapia, geoterapia, entre muitas outras técnicas que se encontram em constante estudo e desenvolvimento.

Em São Paulo se encontram ótimos centros para este tratamento, muitos na zona sul, onde se encontra sempre uma boa clínica de fisioterapia na Vila Mariana, tradicional bairro da cidade.